Odontologia estética funcional

Clareamento dental

A busca pela estética é um fator de muita influência sobre o comportamento das pessoas e é indiscutível que o sorriso é o cartão de visita de qualquer pessoa. Cada dia mais as pessoas estão buscando um sorriso mais harmônico e isto inclui o clareamento dental. 
O clareamento é a técnica que utiliza agentes clareadores para recuperar a cor original dos dentes, perdida ao longo da vida ou para promover o clareamento dos dentes originalmente escurecidos. 

O clareamento é um tratamento estético conservador seguro que não promove desgastes aos elementos dentários. 
A partir dos 16 anos o paciente já pode se submeter a este procedimento. 
Apenas as gestantes, lactantes e pacientes alérgicos ao gel clareador devem evitar este procedimento. 
Uma avaliação criteriosa  fará com que seu dentista opte pela técnica mais adequada. Se a feita no consultório com o gel clareador de concentração mais alta , ou se o caseiro, de concentração mais baixa. 
O que difere uma técnica da outra é a concentração do gel e o tempo de uso do mesmo. 

As sessões no consultório podem durar em torno de 40 minutos a 60 minutos e o número das sessões vai depender da quantidade de pigmentação dos dentes. De 2 a  3 sessões intercalas com o gel caseiro tem um resultado bastante satisfatório. 


Recomendamos evitar alimentos com corantes, ácidos e cigarros durante as sessões e após para longevidade do branqueamento.

Lente de contato e faceta

Facetas ou lentes de contato são películas de porcelana extremamente finas, que coladas ao dente corrigem algumas imperfeições como: cor, forma, manchas, trincas, de forma minimamente invasiva e duradoura.
São usadas para dar mais harmonia e beleza ao sorriso utilizando as técnicas mais modernas da odontologia pra melhorar contorno, naturalidade e estética. 

De forma geral, as facetas sao consideradas laminados acima de 0,3mm e as lentes abaixo de 0,3mm. O que vai determinar o plano de tratamento é o estado em que o dente se encontra.
É importante lembrar que antes do paciente se submeter ao tratamento, ele deve passar por uma avaliação criteriosa pra ver a correta indicação do seu caso.

Coroa de porcelana

Coroa de porcelana é a forma mais indicada pra reconstruir o dente em casos onde já houve perda considerável da estrutura dentária. As coroas podem ser feitas sobre dente, quando ainda há estrutura sadia remanescente, ou sobre implante, quando houve perda da raiz dentária. 

A porcelana é um material confiável, duradouro e que devolve a beleza e harmonia do sorriso por ter várias possibilidades de cor e textura, além de permitir uma importante segurança na mastigação.

Sorriso gengival

O sorriso é uma das caraterísticas mais marcantes de uma pessoa.
Quando não está em sintonia com a face , pode se tornar um  constrangimento para muitos. É o caso do sorriso gengival, onde observa-se a exposição exagerada de grande parte da gengiva quando o paciente sorrir. 
Um sorriso bonito de dá pelo equilíbrio entre gengiva, dentes e boca. 
Tão importante quanto os dentes, a gengiva cumpre um papel fundamental na saúde bucal.

Problemas musculares, esqueléticos e gengivais, como, crescimento exagerado das gengivas sobre os dentes, hiperatividade do lábio superior, crescimento ósseo vertical em excesso da maxila e lábio superior curto, são as causas mais comum desta desordem facial.
Entre os tratamentos propostos para a correção do sorriso gengival estão a plástica gengival,  o tratamento ortodôntico, a cirurgia ortognática e a aplicação da 
 Toxina Botulínica tipo A, o botox, que é uma alternativa de ótimo resultado no tratamento dessa assimetria facial.

O botox, é conhecido pela maioria das pessoas por ser usada em tratamentos estéticos como, por exemplo, para eliminar as rugas de expressão. Mas não é apenas com essa finalidade que o botox é usado.
 A toxina botulínica também pode ser usada no tratamento do sorriso gengival, por agir impedindo ou diminuindo a contração muscular, impossibilitando a gengiva de se evidenciar quando  o paciente sorri. 
“A aplicação do botox é uma excelente alternativa para quem deseja corrigir essa desarmonia estética", afirma a  Drª Franciene Amorim.

Bruxismo

Bruxismo é uma desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o sono. Além do desgaste e mobilidade  dos dentes, a dor de cabeça ê o sintoma muito presente. Nos casos mais graves, pode ocorrer, reabsorção óssea, retração  gengival e problemas na ATM.
Esta disfunção pode está ligada a fatores genéticos, a situações de estresse e ansiedade, ou a problemas físicos de oclusão ou fechamento inadequado da boca. 

Apesar de mostrar resultados satisfatórios, a aplicação do botox não garante a cura e, sim, apenas o controle do quadro.


Outros sintomas do bruxismo são dor e zumbido no ouvido, dor no pescoço, na mandíbula e nos músculos da face devido ao esforço realizado pelos músculos da mastigação, estalos ao abrir e fechar a boca e alterações do sono. 
Acomete 15% das crianças e afeta indistintamente homens e mulheres. Quando o problema se manifesta durante o dia, recebe o nome especial de briquismo.


​TRATAMENTO 
É considerado um dos problemas odontológicos de difícil tratamento por não ter uma causa específica.  
Os recursos mais indicados para o tratamento são as placas interoclusais de acrílico, conhecidas como placas miorrelaxante. 
Elas ajudam a restringir os movimentos dos músculos mastigatórios e a reduzir o atrito que provoca o desgaste e a mobilidade dos dentes.

Aplicação da toxina botulínica, botox, também tem sido bastante utilizada nos tratamentos do bruxismo.  O botox age no neurônio motor impedindo a liberação de acetilcolina, que é a substância que promove a contração da musculatura. Quando aplicada nos músculos mastigatórios. A toxina botulínica impede a contração, reduzindo a força de contração muscular.